Últimos assuntos
» Sol Tenebris [Campanha]
Qua Maio 11, 2016 10:17 pm por Salatiel Roffcale

» Sol Tenebris [Inscrições]
Dom Maio 01, 2016 10:28 pm por Finn o Humano

» Moira - A Feiticeira d'Água
Dom Maio 01, 2016 9:24 pm por Finn o Humano

» Templo de Hikari
Ter Abr 26, 2016 5:17 pm por Luzette Shadowsprint

» Floresta de gelo
Ter Abr 26, 2016 5:01 pm por Gil

» Mayhem
Dom Abr 24, 2016 8:02 pm por Finn o Humano

» Vilarejo GreenLeaf
Dom Abr 24, 2016 11:45 am por Salatiel Roffcale

» Cavernas de Valsfar
Dom Abr 24, 2016 1:31 am por Finn o Humano

» Desespero Congelado
Dom Abr 24, 2016 12:12 am por Sauron S


Uri

Ir em baixo

Uri

Mensagem por Uri em Ter Abr 05, 2016 11:04 pm

Nome e sobrenome: Uri
Títulos: ?
Idade real/Aparente: 14
Sexo: Masculino
Raça: Semi-humano coelho
Ouro: 15 moedas

Aparência física: Dono de uma pele extremamente pálida, Uri possui olhos verdes e um cabelo loiro curto, as orelhas, de mesma cor, porém um pouco mais escuras na base, caem até seus ombros. Tem uma estatura baixa para a sua idade, atingindo apenas 1,53 de altura.

Personalidade: Geralmente é doce e cuidadoso, chega a ser extremamente inocente. Dificilmente interage com desconhecidos, apenas quando necessita realmente de alguma ajuda.

História:

           Uri não tem nenhuma lembrança de sua infância, lembra-se apenas de ter acordado na casa de uma família humana composta por um casal e um filho de 10 anos, como não lembrava o próprio nome, foi carinhosamente batizado pelo filho do casal como "Uri". O garoto passou a maior parte de sua vida com a família humana, que mesmo ao notar que ele era um semi-humano, não o expulsou ou o tratou de forma diferente. Uri acabou por desenvolver uma grande amizade com o filho do casal, já que eles eram tratados como irmãos.

           Sua vida permaneceu monótona, até que, pela primeira vez, seu pai adotivo o pediu para ir a cidade sozinho, para que comprasse frutas. O garoto seguiu o caminho já conhecido, já havia feito várias viagens a cidade, mas nunca sozinho. Após comprar todos os mantimentos necessários, ele seguiu o caminho de volta, mas, foi parado por um grupo de três homens, um carregando uma espada e um escudo, outro com um cajado e o terceiro com um arco e algumas flechas, todos vestidos de preto. Os desconhecidos, queriam que ele entregasse tudo o que tinha em mãos. O garoto, com toda sua inocência, negou o pedido e tentou seguir em frente, mas foi parado por um dos sujeitos, que o segurou pelo braço.

- Isso dói… Se puder parar eu… eu… - Uri pediu, quase em um sussurro.

           A resposta, foi um aperto ainda mais forte. Uri gritou, e os guardas notaram a movimentação, se aproximando em passos largos. Os sujeitos pareceram não perceber, e apenas deram um tapa no garoto.

- Mais uma palavra e eu corto sua garganta. - Um dos ladinos disse. - Entendeu?

           Uri olhou para trás, com os olhos já cheios de lágrimas, e notou que os guardas já estavam próximos. Ele abriu a boca para avisar, mas decidiu ficar em silêncio. Era inocente, mas prezava sua garganta.

- O que está acontecendo aqui? - Um guarda, com a voz grossa e rouca, perguntou.

           Ambos os guardas carregavam lanças e escudos, junto a armadura pesada e polida. Os ladinos pareceram estremecer diante da presença dos dois. O homem que carregava o arco e flecha soltou o equipamento no chão e saiu em disparada. Os companheiros pareciam chocados demais para reagir. O espadachim, que segurava Uri pelo braço, pareceu perder a força. O garoto já tremia de medo, então decidiu aproveitar o momento e correr. Pegou o arco e flecha caídos no chão e largou sua sacola, correndo em direção a floresta. Uri não se importou com os gritos dos guardas, ou dos ladinos. Muito menos com o barulho de um metal se chocando contra outro após sair em disparada. Só pensava em uma coisa, não sabia para onde estava indo.

           Após uma longa corrida, Uri, já exausto, sentou-se no chão da floresta. Já era tarde, quase anoitecer, e o garoto não tinha mais energia, então dormiu ali mesmo. No dia seguinte, decidiu que deveria seguir de volta para casa, afinal, seus pais deveriam estar extremamente preocupados. Vagou por algumas horas até encontrar a saída da floresta, e consequentemente, o caminho para casa. Aproximou-se de sua residência correndo, mas olhando mais de perto, estranhou algumas coisas. A porta, escancarada e com um grande buraco, e as janelas pareciam ter sido forçadas. Decidiu entrar em silêncio, e quando o fez, entrou em choque. Seus pais, caídos no chão juntos a seu irmão, os três em uma poça de sangue. Exibiam ferimentos horríveis e em seus rostos, mesmo após a morte, o horror continuava estampado. Uri sabia quem tinha feito aquilo. Os sujeitos que tentaram o roubar. Ele não podia ficar lá, eles voltariam, ele tinha certeza. O garoto se apressou, e derramando suas lágrimas, passou pelos corpos, seguindo até o quarto do pai. O pai, sempre muito ocupado, tinha vários livros de magia, Uri pegou um deles, lembrando como adorava ler com seu pai, e também das poucas magias que tinha aprendido, mas largou o objeto. Seria apenas um peso a mais. Trocou suas roupas sujas, colocando o manto verde que tinha ganhado alguns dias atrás como presente de "anivérsario", uma calça também verde e suas botas. Logo em seguida, decidiu que tinha que ir. Andou até a porta, e olhou novamente para a sua família adotiva.

- Obrigado por tudo… - Uri falou, entre soluços. - Eu vou… lembrar… de vocês… sempre.

           Então, saiu. Agora, em busca de algo que o lembrasse quem era, de onde veio, e porque veio.


Nível: 1
ATRIBUTOS

Força: 1
Destreza: 6
Resistência: 1
inteligência: 2

Hp: 120
Mp: 220

Inventário: Arco básico, 24 flechas comuns, 11 flechas élficas, cela, duas poções (roxa e azul), mochila extra grande e adaga.

Habilidades:

Nome: Criação de flechas
Descrição: Uri cria uma flecha comum a partir da magia básica que aprendeu com os livros de seu pai adotivo, uma magia usada para situações onde ele fica sem munição.
Nivel: 1
Pontos de Energia: 25 de energia por flecha.
Duração: -
Efeitos: Cria uma flecha comum.

Nome: Ligeireza do coelho
Descrição: Uri utiliza uma magia básica, aprendida novamente nos livros de seu pai, onde ele aumenta sua agilidade usando sua Mana.
Nivel: 1
Pontos de Energia:55 de energia para ativar e 20 para cada turno adicional
Duração: 3 turnos, podendo prolongar o efeito ao usar mais mp
Efeitos: Velocidade aumentada.


Última edição por Uri em Sab Abr 09, 2016 9:50 pm, editado 7 vez(es) (Razão : Modificação no ouro e adição de itens no inventário.)
avatar
Uri
Semi-Humanos
Semi-Humanos

Mensagens : 37
Data de inscrição : 04/04/2016
Idade : 18

Ficha de Personagem
HP HP:
117/120  (117/120)
SP SP:
165/220  (165/220)
Experiencia :
95/1000  (95/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uri

Mensagem por Finn o Humano em Qua Abr 06, 2016 12:26 am

Ficha Aceita
avatar
Finn o Humano
Admin
Admin

Mensagens : 79
Data de inscrição : 22/08/2013

Ficha de Personagem
HP HP:
0/0  (0/0)
SP SP:
0/0  (0/0)
Experiencia :
0/0  (0/0)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum